Neymar é 100% Jesus na faixa, mas a boca é mais suja que Judas no Getsêmani



Por Sergio Viula


De acordo com o site Terra, o Comite Olímpico Internacional (COI) fará reclamação por faixa religiosa de Neymar no pódio.


E por que isso?


Porque manifestações religiosas no pódio não são permitidas pelo Comitê Olímpico Internacional. E é muito bom que seja assim, já que religião tem sido um dos maiores motivos para guerras e outros desentendimentos no mundo, enquanto as Olimpíadas pairam acima delas, tentando promover solidariedade entre os povos, sejam quais forem suas convicções religiosas.

O Terra diz o seguinte:

“Na festa após a conquista da inédita e tão esperada medalha de ouro pelo futebol brasileiro, uma coisa chamou mais a atenção de dirigentes do Comitê Olímpico Internacional (COI) do que a felicidade da torcida e dos jogadores da Seleção: a faixa religiosa que Neymar ostentava na cabeça durante a cerimônia de premiação.

O adereço com os dizeres “100% Jesus” fere o regulamento do COI, que não permite manifestações de cunho comercial, político ou religioso nos pódios olímpicos. Em virtude disso, o Comitê prometeu enviar uma carta de reclamação à missão brasileira, segundo o Estadão . Apesar disso, nenhuma punição está prevista tanto para o atleta como para a delegação nacional.”


 
Neymar com a faixa no pódio olímpico após a conquista do ouro inédito – Foto: EFE.


Apesar de alguns tentarem minimizar a situação, dizendo que o COI fez vista grossa para as mensagens políticas, referindo -se, é claro, ao grito repetidamente ouvido nos estádios de “Fora Temer!”, uma coisa é o torcedor fazer isso, outra coisa é isso vindo de um atleta profissional, comprometido com as regras do COI, da seleção pela qual joga, dos patrocinadores, entre outros.

Mas, ao mesmo tempo que Neymar diz ser 100% Jesus, sua boca é mais suja do que Judas no Getsêmani. Lembra que ele teria beijado Jesus para sinalizar aos romanos quem era o homem que eles deveriam prender? Pois é, jogo sujo mesmo. Agora, boca suja é a do crente Neymar, com faixa e tudo. Veja Neymar xingando um torcedor depois de ganhar a medalha na Rio 2016.

Após receber a medalha, o atleta se dirigiu a um torcedor na arquibancada, visivelmente irritado. O atleta xinga o torcedor: “Não consegue é o caralho, vai tomar no teu cu”, enquanto o torcedor retruca “não consegue!”. Depois Neymar grita, “tem que respeitar, que aqui é Brasil!”. Veja que ele conseguiu colocar o caralho e o cu na boca ao mesmo tempo com a faixa 100% Jesus na cabeça. Nada mais sublime, não é mesmo? SQN.

Mais aqui: http://muitofranca.com.br/neymar-xinga-torcedor-apos-medalha-de-ouro-assista-o-video/): http://www.90min.com/pt-BR/posts/3655770-neymar-xinga-torcedores-no-maracana-apos-conquista-do-ouro.

Na verdade, o COI devia puni-lo pelas duas coisas. Dois comportamentos inaceitáveis, cada um por uma razão diferente.

Mas não foi a primeira vez que Neymar xinga torcedores ou jogadores, mesmo dizendo-se 100% Jesus.

Pior do que isso, mas sem conexão com as Olimpíadas, é claro, foi a atitude do jogador em 2010, quando ele se recusou a entrar numa casa de caridade, com direção espírita, alegando que era evangélico. Junto com ele, Robinho, Léo, Marquinhos, André, Ganso e Roberto Brum fizeram o mesmo. Acontece que a casa, chamada Lar Mensageiros da Luz, abriga crianças, adolescentes e adultos portadores de paralisia cerebral e demais limitações, e a ação de caridade do Santos consistia na doação de 600 ovos de Páscoa para os 34 moradores do Lar Mensageiros da Luz. Nada mais do que isso.

Enquanto isso, ateus fazem caridade sem esperar ou temer qualquer divindade, espírito, anjo, demônio ou coisa parecida. Sem pensarem em céu, inferno, carma, reencarnação, ressurreição ou qualquer invencionice humana para tentar dar sentido à vida que vá além dela mesma.

Vários sites e jornais falaram sobre uma pesquisa feita recentemente que acabou por descobrir que ateus tendem a ser mais solidários do que os religiosos. O jornal El País deu o seguinte título à matéria que abordava esse assunto: “O bom samaritano é ateu.

Pessoas religiosas se mostram menos altruístas com desconhecidos, segundo estudos.” Leia a matéria AQUI e não seja um 100% idiota como Neymar, pelo amor de Zeus! kkkkkkk



Você não precisa de religião para ser bom, mas alguns precisam mesmo ser bastante idiotas para pensar que estão fazendo algo extraordinário dizendo que acreditam num deus ou outro, seja ele qual for.

E não precisa ir longe para saber disso. Quer ver por quê? Confira o blog “MAIS UM PASTOR NA CADEIA”.

Claro que eles não são os únicos líderes religiosos que pegam cadeia por aí. Agora, é muito pastor preso, minha gente! Até esse momento, agosto de 2016, mais de 60 pastores foram presos pelos mais diversos crimes no Brasil: estelionato, assassinato, estupro, assalto, etc. E todos eles dizem que são 100% Jesus.

Alguém pode alegar que qualquer um pode fazer esse tipo de declaração. Então, por que levar quem quer que seja a sério ao dizer isso? Ah, sabe de uma coisa? Só vou dizer uma vez: Vai tomar… vergonha, Neymar.



Originalmente publicado em 22 de agosto de 2016.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A face mutante do Diabo e sua utilidade para a igreja

Os fantasmas da (i)moralidade religiosa querendo assombrar o ensino de biologia

O tempo e o senso comum