Crivella eleito

Acabou o Halloween. Agora começa o horror. C-R-I-V-E-L-L-A conseguiu.


Não vou escrever mais do que já o fiz, mas achei importante marcar esse momento. Eleito no dia 30 de outubro de 2016, Crivella dá mais um passo na realização do sonho de seu titio, Edir Macedo: Ter bispos da Universal em posições do Executivo.

No Legislativo, eles já atuam há décadas. Só Crivella, há 15 anos. O alvo é Presidência da República e, por tabela, a indicação de Ministros para o Supremo Tribunal Federal.

Essa escolha para a prefeitura do Rio não poderia ter sido pior, mas quem precisa de Bispo quando o próprio povo do Rio estraga tudo sozinho? E ainda tem ateu para dar uma mãozinhas aos deuses e seus profetas…

Dia de opróbrio para todos os que amam a laicidade, a pluralidade e a igualdade de direitos na diversidade dos indivíduos.

Sobre ateus que diziam que Freixo os obrigava a votar em Crivella. Assista. É curtinho.

LEIA TAMBÉM:

Aos mais perfeitos idiotas, o mais esperto dos prefeitos

Esse é o novo prefeito do Rio de Janeiro

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A face mutante do Diabo e sua utilidade para a igreja

Os fantasmas da (i)moralidade religiosa querendo assombrar o ensino de biologia

O tempo e o senso comum